terça-feira, junho 14, 2016

Samba smb.conf e suas especificações para configurações



[Global]  ---------------------------------------------------------  Configuração padrão Global 

path--------------------------------------------------------------- Linha onde será compartilhada a pasta

comment ------------------------------------------------------- Linha onde é comentada a pasta

read only  = yes------------------------------------------------------- Informa que o arquivo está disponível para leitura

host allow -------------------------------------------------------- Permite incluir os host ( ip ) que tem permissão de acesso as pastas compartilhadas.

exemplo: joao, 192.168.1.20

host deny -------------------------------------------------------- Permite incluir os host ( ip ) que não tem permissão de acesso as pastas compartilhadas.

exemplo: joao, 192.168.1.20

writable = yes --------------------------------------------------- Indica que tem permissão de leitura e escrita 

read only  = no  ------------------------------------------------ tem o mesmo efeito que o writable =yes 

groupaad pastadearquivos ----------------------------- Cria grupo usuários para acesso a pasta.

Exemplo : groupadd +pastachico

adduser chico pastadearquivos ---------------------- Adicona o usuário Chico dentro do grupo da pasta.



deluser chico pastadearquivos ---------------------------- Deleta o Chico do grupo da pasta 


valid users ------------------------------------------------------------ Valida usuários no samba

exemplo 1 : chico, ana, cristian

exemplo 2 : +pastachico ( grupo de usuários )

invalid users----------------------------------------------------------- Invalida  usuários no samba

exemplo : chico, ana, cristian

Lembre- se dê permissão para a pasta onde tem os arquivos compartilhados.


write list -------------------------------------------------------------------- Usado para apenas um usuário alterar os arquivos.


Exemplo: 

[pastachico]

path = mnt/pastachico ( local onde está o compartilhamento )
writable = yes   ( aqui ele lê e escreve )
valid users = +pastachico ( Grupo criado  em groupadd ) 
write list = chico   ( usuário chico único que pode escrever no arquivo e salvar )


read list -------------------------------------------------------------------- Usado para apenas o usuário escrever no arquivo.

Exemplo: 

[pastachico]

path = mnt/pastachico ( local onde está o compartilhamento )

writable = yes   ( aqui ele lê e escreve )

valid users = +pastachico ( Grupo criado  em groupadd ) 
read list = chico   ( usuário chico único que pode ler o arquivo sem alterar )

/etc/init.d/samba restart  ------------------------------------ irá reiniciar o serviço do samba.

ou 

service smb restart   ------------------------------------------ irá reiniciar o serviço do samba.



Sempre ao criar um compartilhamento crie um usuário dentro do sistema e logo em seguida use esse usuário como autenticador do samba.

Exemplo abaixo 

adduser chico

Depois vamos  usar o chico como  autenticador dentro do samba.

smbpasswd -a chico 










Irá pedir senha :

Confirme a senha :

Depois disso use esse usuário criado dentro do ( smbpasswd -a chico ) para autenticar no windows.

Dica se você já tem uma rede grande e usa o mesmo usuário com a mesma senha crie ele no adduser e no smbpasswd -a chico. 
Ele irá pedir a senha use a mesma do sistema windows que o compartilhamento funcionará direto para a máquina cliente Chico.


Caso você tem a sua rede criada com as permissões setadas, e apenas quer que determinado usuários acessem a pasta.

Siga esses passos.

[pastachico]
path = home/pastachico ( local onde está o compartilhamento )
writable = yes
valid users = chico, maciel
host allow = 192.168.0.10, 192.168.0.21


Se você tem uma rede grande  e não sabe os ips das máquinas pode liberar esses ips com o seguinte código abaixo.


[pastachico]
path = home/pastachico 
writable = yes
host allow = 192.168.0. ( libera para todos os computadores da rede )

Ele irá liberar o acesso as máquinas com a rede 192.168.0.1 até 192.168.0.254.
Obs : Lembrando que tem que está todos cadastrados dentro do smbpasswd 


Se você tem uma rede grande e quer que apenas determinadas  máquinas não acesse seu compartilhamento em rede pode usar o código abaixo.


[pastachico]
path = home/pastachico ( local onde está o compartilhamento )
writable = yes
host allow = 192.168.0. EXCEPT 192.168.0.11, 192.168.0.13

Ou

[pastachico]
path = home/pastachico ---- ( local onde está o compartilhamento )
writable = yes

host allow = 192.168.0.  ( liberando para toda rede ) 
host deny = 192.168.0.13 ( negando para esse host )

[pastachico]
path = home/pastachico 
browseable = no ---- ( O compartilhamento fica oculto não visível para usuários )

[pastachico]
path = home/pastachico 
available = yes ---- ( Fica visível para todos os usuários )


WINS no SAMBA 



[pastachico]

path = home/pastachico 
wins support  = yes ---- ( Fica visível para todos os usuários )
wins server  = 192.168.1.254 ---- ( Servidor Wins  )


Lixeira do SAMBA ( durma em paz )

Quando li no Livro essa opção habilitei imediatamente, por que ela cria uma pasta lixeira na hora que o arquivo for deletado dentro compartilhamento. E dentro dessa pasta terá o arquivo deletado, mesmo o usuário deletando a pasta lixeira, ela é recriada automáticamente dentro do compartilhamento, evitando acidentes graves de usuários tentando deletar o arquivo.

[pastachico]
path = home/pastachico 
vfs object = recycle
recycle:repository = Lixeira
recycle:keeptree = yes

KDE como compartilhamento

Se você é fã do KDE e gosta da sua inteface e quer compartilhar arquivos na rede, basta seguir os seguintes tópicos.

1 -  instale o kdenetwork-filesharing samba

 apt-get install  kdenetwork-filesharing samba

2 - Depois acesse o centro de controle do KDE

3 - Internet e Rede --- > compartilhamento de arquivos

4 - use o COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS - CENTRO DE CONTROLE



Related Articles

Fmaciel3.com . Tecnologia do Blogger.

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *